sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Afinal o amor é simples...

As pessoas dizem que o amor é complicado e eu tenho vontade de rir, o amor é a equação mais simples do mundo, tão simples como  1 + 1 = 2.
Não é o amor que é complicado, são as pessoas, as pessoas é que são complicados, vejamos:

Quantos de vocês ficam chateados porque ele/a foi sair com as amigas/os em vez de ficar em casa com vocês?
Quantos ficam chateados porque existe aquele jogo que ele não quer perder, aquela saída que ela prometeu ir mas não vos incluíram nos planos?
Quantos de vocês fazem filmes dignos de Hollywood porque não receberam a resposta a uma mensagem no tempo que consideram razoável?
Quantos de vocês se acham no direito de lhe dizer o que vestir, com quem sair ou de lhe mexer no telemóvel para ver com quem anda a falar?
Quantos de vocês estão dispostos a moldar-se tanto como exigem que o outro se molde?
Antes de refilares porque o outro não fez algo bem feito que tal inverteres a situação? Que tal pensares se gostavas de ser proibida de fazer aquilo ou de ouvir uma discussão só porque quiseste ir ter com uma amiga?

O amor não pede que ninguém se anule, lembras-te 1 + 1 = 2, no amor continuam a ser duas pessoas, não passaram a ser apenas uma, são dois corações que querem caminhar juntos mas que continuam a bater separados, a ter gostos e necessidades diferentes.
Respeita sempre como gostarias de ser respeitado/a.
Se tu podes sair com uma amiga, ela pode sair com um amigo e não faz mal, ela não te ama menos por isso, nem te respeita menos por isso, o amor para ser amor precisa de confiança, respeito, admiração, senão não é amor, é desejo, é posse, é obsessão.

Olha em volta e vê que os amores mais felizes são tão simples de ser descodificados, são duas pessoas que dão a mão e seguem juntas, que respeitam as escolhas, os desejos, a personalidade, que fazem concessões a dois para que no fim o todo seja maior e melhor do que o individual.
Porque só assim faz sentido.

Então quando achares que está tudo muito complicado na tua relação, que o amor só traz dores de cabeça e que é muito difícil, pensa se realmente estás a fazer bem a conta. Se percebes que o resultado tem de ser sempre dois e não um, um e meio ou um moldado a ti.

O amor será sempre simples, desde que nunca te esqueças do básico. 1+ 1 = 2


4 comentários:

  1. concordo plenamente com tudo o que escreveste! quando é complicado, não é amor! o amor é simples :)

    r: é difícil, muito difícil não desmotivar. é tudo contra, mas vamos lá ver :x

    ResponderEliminar