segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

A tristeza

Há dias em que a tristeza nos invade a alma e em que pequenos gestos tomam grandes proporções, coisas que noutros dias seriam banalizadas tornam-se monstros cabeludos capazes de nos atirar ao chão.
Mas ninguém é de ferro, pois não?
Às vezes tudo o que precisamos é mesmo de chorar, de deixar sair a tristeza, de nos sentarmos no chão, encostados à parede com a cabeça no colo e deixar que as lágrimas nos limpem a alma.
Os gigantes também choram, os heróis também caiem, não dá para ser a super mulher todos os dias.

E sabem que mais? Não faz mal, não faz mal cair, fracassar, chorar, fazer tempestades em copos de água, não faz mal porque amanhã o herói regressa e o mundo passa a ser um lugar fantástico outra vez, não faz mal porque as lágrimas de hoje serão os sorrisos de amanhã e as falhas de agora serão as aprendizagens do futuro.

Não faz mal cair, o que faz mal é ficar muito tempo no chão.
Isso meus amigos é que não pode ser, então caiam, chorem, deixem sair a tristeza toda hoje, e amanhã, quando o sol nascer de novo (mesmo que fraco e escondido por nuvens) nasçam com ele. Todos os dias é uma nova oportunidade de fazer a vida dar certo, uns dias mais certo outros um bocadinho menos, mas todos os dias são oportunidades de vencer.
Então vá, deixem a tristeza sair toda hoje,, chorem, berrem, barafustem mas amanhã levantem-se com a força do mundo e bola para a frente que atrás vem gente...

Somos todos super heróis, só que alguns ainda não descobriram isso...


5 comentários:

  1. Concordo plenamente! Costumo dizer que é preciso deixar a dor doer para que ela possa passar.

    R: Já ouvi falar na Code Black mas, na altura, não prestei atenção e acabei por me esquecer de ir pesquisar! Ainda bem que me relembraste, já fui ler algumas coisas sobre e já está na minha lista :) Obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Concordo a 100%. Há muita gente que diz que chorar é para os fracos. Não concordo. Chorar alivia a alma, deixa-nos mais leves, liberta-nos. Não acho que deva ser visto como uma fraqueza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu acho que é mais fraco aquele que "esconde" a sua dor, do que aquele que a deixa doer... (pelo menos este ultimo acaba por se conseguir libertar dela)

      Eliminar