domingo, 31 de agosto de 2014

Recadinho #1

Olha-te ao espelho, demoradamente, analisa-te e diz-te (a ti mesma) o que vês...
Deixa a insegurança em casa, arruma-a na gaveta,
Enfrenta a tua vida de frente e faz as tuas escolhas.
Ninguém te pode tirar o que é teu se tu não deixares, se tu fores suficiente porquê procurar fora de casa?
Então conversa, coloca os pontos nos i's, berra, discute, barafusta, mostra o que vales, não cales por medo de perder, não deixes de ser tu mesma por medo do bater da porta e do vazio que se segue.
Ninguém merece viver no medo de que um dia as coisas acabem; aprende, na vida tudo acaba mas o que importa é viver enquanto dura, é ser feliz é não viver obcecado com o que pode não dar certo.

Não precisas de ter medo de ninguém, se tu deres o melhor de ti mesma e mesmo assim perderes, a culpa não é tua, é de quem não sabe reconhecer o teu valor.
Mas não batas infinitamente numa tecla que está partida ou te esforças para a colar ou a deitas fora.
Não podes jogar nos outros a culpa pela tua infelicidade, não podes dizer "se ela não existisse, se ela não falasse, se ela desaparecesse... era tudo perfeito entre nós", isso não é real, se "aquela" não existisse, haveriam outras e talvez "aquela" não seja a tua inimiga, talvez "aquela" não tenha a mesma informação que tu tens, já pensaste nisso? Se realmente te sentes ameaçada ou achas que seria tudo melhor se ela não existisse, fala com ela, mete as cartas na mesa, tens é de estar preparada para que as cartas do outro lado não sejam as que tu pensas... Talvez "aquela" nem seja tão má assim.
Às vezes o filme está todo dentro da tua cabeça mas se o pensas, diz. Não tenhas medo de expressar o que sentes, que raio de vida é essa em que nem tens coragem de dar um murro na mesa. Vais perdoar a vida toda? Vais esperar a vida toda? Vais sonhar com o que talvez nunca aconteça a vida toda? Ou vais assumir que quem manda na tua vida és tu e que não tens que ser magoada por ninguém?

6 de Março de 2013

Sem comentários:

Enviar um comentário