domingo, 15 de junho de 2014

Costume não, BARBARIDADE

Há coisas na vida que nem que nasça dez vezes vou entender e as touradas são uma delas...
Como pode alguém sentir prazer ao ver um animal ser torturado?
Como pode alguém achar que é normal espetar farpas afiadas nas costas de um ser vivo?
Como pode alguém defender que aqueles animais não sentem e não se importam? Ou mesmo que esse é o papel deles?
Neste pais as pessoas ficam revoltadas com os salários dos políticos (e com razão) mas não ficam revoltadas com o facto de as touradas receberem todos os anos milhões de euros dos cofres públicos, milhões que podiam estar a ser investidos em saúde, educação ou até simplesmente a evitar cortes mas não, as pessoas continuam a ir a uma arena ver animais serem torturados...

Não sou de todo adepta da violência mas confesso que sempre que alguém defende uma tourada sinto um desejo profundo de lhe espetar uma bandarilha para que depois ela tenha argumentos para me dizer que "o touro não sofre"...


1 comentário:

  1. desde criança que odeioooooooooooooo touradas! não vejo piada nenhuma!

    ResponderEliminar