domingo, 18 de maio de 2014

Vazia...

Intro: 
Enquanto apagava alguns post's no blog antigo, cheguei à conclusão que não queria apagar os meus "segredos", porque foram uma parte de mim em algum momento da minha vida e porque sei que serão parte de alguém em algum momento da vida deles.. 
Para que percebam que não estão sozinhos neste mundo louco do amor... 

Ontem ele disse-me que tinha começado a namorar e eu fiquei totalmente vazia...

São quase 6 anos de idas e voltas, quase 6 anos a tentar esquecer-te mas a desejar-te mais do que tudo, são quase 6 anos, a fugir de ti e a voltar sempre que assim o desejas, são quase 6 anos e o sentimento não diminuiu nem um bocadinho... como se todas as coisas más desaparecessem quando sorris para mim, como se todo o sofrimento se evaporasse num abraço, como se tudo fosse possível quando me olhas nos olhos...

E eu queria dizer que é desta que te vou esquecer mas não posso, não posso porque não mando no coração... quantas vezes já disse a mim mesma que acabou? Quantas vezes jurei que não voltaria? Quantas vezes acreditei que tinha esquecido? Tantas, tantas que lhes perdi a conta, mas quando te vejo e sorris para mim eu sei, eu sinto que te amarei eternamente...

E não é loucura, nem masoquismo, nem palavras soltas e vazias.. quando olhas para mim eu ainda "derreto", quando me tocas eu ainda tremo, quando falas eu ainda sonho.. Eu queria dizer que desejo que o teu namoro corra bem e sejas feliz, queria porque te amo e te desejo sempre o melhor do mundo mas ao mesmo tempo desejo imensamente que tudo não passe de mais uma das tuas histórias, que o namoro acabe, que não dê em nada.. e eu sei que sou eu que me coloco em posição de ser magoada, porque sou eu que vou quando tu chamas, porque sou eu que te amo incondicionalmente e apesar de tudo, porque sou eu que sei as regras do teu jogo e mesmo assim aceito "joga-lo" mas eu não consigo evitar, eu não consigo resistir a tudo o que sinto.. e eu já tentei, oh como eu já tentei mas és uma parte tão grande de mim e a verdade é que eu não consigo, ou não quero, abdicar de ti...

Vou ficar aqui, no meu canto, viver a minha vida, deixar-te viver a tua e esperar para ver o que o futuro nos reserva.. não sou eu que vou estragar esse namoro, apesar de desejar que ele acabe não vou fazer absolutamente nada que o ponha em risco.. vou ficar aqui, sem te mandar mensagens, sem te ligar... sair com os amigos, divertir-me, seguir em frente mesmo sabendo que basta um telefonema para voltar atrás.. vou ficar aqui, no mesmo sitio onde tu sempre me encontras-te, onde sempre me encontrarás..

Tenho o coração vazio e mesmo assim cheio de amor por ti...

29 de Maio de 2009


Sem comentários:

Enviar um comentário