sexta-feira, 2 de maio de 2014

Cansei...

Enquanto apagava alguns post's no blog antigo, cheguei à conclusão que não queria apagar os meus "segredos", porque foram uma parte de mim em algum momento da minha vida e porque sei que serão parte de alguém em algum momento da vida deles..
Para que percebam que não estão sozinhos neste mundo louco do amor...


Cansei de esperar por ti, cansei de achar que um dia ias acordar e perceber que eu era a mulher da tua vida, cansei de sonhar e de amar quem não queria saber de mim...
Não é que te tenha esquecido mas habituei-me à tua ausência, não é que não me lembre da tua voz, mas habituei-me ao silêncio, não é que não sinta falta do teu abraço mas habituei-me à indiferença...
Um dia acordei e disse "não quero mais" e mais de uma semana depois de o ter dito eu ainda o sinto, eu não quero mais, eu não quero mais dor, eu não quero mais desilusão, eu não quero mais indiferença, eu não quero mais que te lembres que eu existo apenas às vezes, eu existo todos os dias porque só te lembras disso quando queres?
Eu cansei que te afastes e te aproximes sempre que queres, eu cansei das tuas mensagens sempre que achas que eu te estou a fugir, eu cansei que me digas "tenho saudades tuas" ou "adoro-te" para desapareceres outra vez no dia a seguir.
Eu cansei e disse chega, eu decidi finalmente seguir em frente, eu decidi finalmente voltar a viver, a ser feliz, a aproveitar as coisas boas da vida.
Se é fácil? Até hoje foi, é estranho mas é verdade, eu não adormeço nem acordo a pensar em ti, eu não me arrependo de ter decidido que não te quero mais, eu não me arrependo de ter outros braços à minha volta... Nem sonhas que te fugi, para ti as coisas continuam iguais, tu estás afastado e eu respeito o teu espaço e quando quiseres vais voltar e eu vou agir como sempre agi... tu não sabes mas eu fechei-te numa gaveta e tenho a chave na mão, simplesmente porque não sei o que fazer com ela, foram 5 anos a amar-te mais do que ao mundo e ainda não consigo deitar a chave fora, ainda tenho uma parte de mim que gostava que fossemos amigos mas eu nem sei se tu sabes ser meu amigo, vou continuar a guardar a chave até decidir se mereces esse posto na minha vida.
Não tolero nem aceito que me voltes a magoar e não vou hesitar se tiver de deitar a chave fora, ser feliz só depende de mim, seguir em frente só depende de mim e desta vez eu não vou deixar que o que sinto por ti me faça voltar atrás...
Não digo que não te amo, porque talvez te vá amar a vida toda, digo apenas que não te quero mais.. e sabes?
Eu adoro o sorriso dele sempre que ele olha para mim e eu nem quero saber se vai dar certo, eu só quero viver, porque hoje mais do que nunca eu sei que mereço ser feliz...

25 Janeiro de 2009


1 comentário:

  1. Incrivel como esse texto podia ser feito para mim... Estou a passar pr uma situação muito identica neste momento e embora não seja um texto alegre (muito pelo contrário) é um tanto ao quanto reconfortante saber que não estou sozinha neste "mundo louco do amor", que há quem sinta o que estou a sentir.
    Tudo de bom.
    Beijinho

    ResponderEliminar